Criar uma Loja Virtual Grátis
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

 

 Revista do Carnaval de 1960          

      Click na imagem acima

   

Não deixe apagar nossa Tradição.

 

     

 

 

  

 Cine São Sebastião Vila Esperança

 

 

 

 

 

 


Grupão
Grupão

 

 

Adelaide Ferraz de Oliveira   " 1966 "


Ao lado direito a Professora Elenir Novaes
do lado esquerdo o Diretor da escola Sr Renato Romão Lopes.

Foto enviada por Roberto Vizaco

 

 

Professora Rebeca e Diretor Sr Dirceu

 

Formandos (a) da Escola Adelaide Ferraz de Oliveira, na Igreja do Bélo Ramo (Vila Matilde )

 

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

A turma Cabulando aula do Adelaide ( GRUPÃO )   1973

Vera -  Chuvisco -  Mariza  -  Roberto -  Marcos ( Tonelada ) - Zola e o   Loquinho

AZUL <<< (Jaléco) >>> BRANCO

Na época usava Avental Azul, Depois passou a ser de cor Branca que durou até meados de 1980.

( Notem... o avental que nesta época era de cor azul em cima do muro  )

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

Escola Estadual de  Grau Adelaide Ferraz de Oliveira

( Diretora Dna Belize ) e  ( Sr Dirceu Diretor )

Professores (a) do GRUPÃO 

Tião e Washington -Educação Física-

  Rebeca -OSPB-

Maria Antonieta -Matemática-

 Professor Valdir -Música-

 - Professor  Euvesios -  

Zezinho -Ciências-

 Zuleika -Ciências-

- Maria José Castelo Branco   -Francês-

- Professora  Janete  -    - Professor  Rubinho- 

( Sr Domingos - Inspetor de Alunos )

Voce lembra quando usavamos Avental  .....

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

Dilmara 1970

 

Dilmara 2016

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 


 

Kinha  aluno do ( Grupão) Adelaide Ferraz de Oliveira anos 70

Garoto Propaganda do Creme dental  Kollinos e Jeans ELLUS.

Só para lembrar... de vez em quando vinha de cavalo para a Escola.

 

 

 

 

 

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

 

 

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

Adelaide Ferraz de Oliveira ( GRUPÃO )

Estudei por muitos anos na escola Adelaide Ferraz. Alguns professores me marcaram pela personalidade, principalmente do ginasial. Entre eles, o Professor Claudião ( matemática ), sua irmã Janete (Inglês), Nilson(técnicas comerciais), Armando( português e que conseguiu montar uma peça teatral).
Provalvelmente, muitos dos que passaram pela escola nos anos 70 se lembram da Professora Maria Eugênia...
Antonio  Carlos ( Vila guilhermina SP )

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

 

 

Elizete 2016

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

PROFESSORES (a) e FUNCINÁRIOS DA GRUPO ESCOLAR
ADELAIDE FERRAZ DE OLIVEIRA  anos 70

Dna Belize Fontanesi

 

Dna Geraldina 

Dna Maria Luiza Carqueijo                                  Professora Antonieta

       Secretária                                               Professora de Matemática

 

Sr Dirceu Diretor Substituto

Professor de Educação Física e ( Fanfarra )  Professor  Tião

 

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

A Vila Guilhermina Teve vários Jogadores de Vollei Boll Profissionais que Estudaram no Colégio...

Adelaide Ferraz de Oliveira ( Grupão )

( SoyTi ) - ( ZÉCA ) - ( ZÉ LUIZ Seleção Brasileira ) -

( TONICO jojador e Técnico ) - ( Joáo Pirelli

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

 ( Carterinha )     Boletim Escolar  Adelaide Ferraz de Oliveira ( GRUPAO )

 

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

Vai mais algumas lembranças:
Era muito comum no início dos anos 70. Após o encerramento do primeiro semestre de aula, normalmente no final de junho, as classes promoverem os "bailinhos" de despedida. Isso também acontecia no final de ano.
 
As carteiras das classes eram empurradas, formando um círculo do redor de cada sala. Alguém trazia uma vitrola portátil, daquelas que funcionavam a pilha ou energia, rotações de 33 e 44 (?) rpm, todos levavam discos de vinil, na época: Irmãos Coragem, Selva de Pedra, Carinhoso - todos temas de novelas de sucesso da Globo - e promoviam os bailes. Era muito embaraçador para os alunos comuns, quem gostava eram aqueles (as) que carregavam os livros da professora, tiravam boas notas e tinham boa aparência,

 Também era comum, e a mim causava irritação e desânimo, misturada com alegria, a época das festas julinas. Os professôres pediam aos alunos de suas classes que arrecadessem PRENDAS! Era o fim do mundo. Pessoalmente, sempre senti vergonha de pedir algo para as pessoas, naquela época, não era diferente. Os alunos saiam em bandos atrás dos comércios, era pouco comércio na Guilhermina para muita procura. Quem passava primeiro nas lojas se dava bem, o restante nem tanto. A opção era buscar doações no comércio de bairros vizinhos. O que era mais perto era a Patriarca, na loja "Dos Presentes", ou das "Lembranças", não me recordo muito bem. Ficava próxima onde é hoje o metrô Patriarca. As doações dos bondosos comerciantes se resumiam a produtos de baixo custo para eles: arrecadávamos muito sabonte e pasta de dente, além de bijuterias baratas. Mas quando entregávamos na escola era uma alegria. Depois de alguns anos instituiram as gingacanas, a disputa ficou mais veemente.

 

Outro fato marcante: as brigas! Tanto de meninos quanto de meninas. Toda a escola fica sadendo e se reunia na rua para assistir. Era um ritual, mas tinha código de honra: ninguém intervia até até um limite, não tinha armas ou outro artíficio, se resolvia com as mãos (exceto alguns que usavam pedras e pedaços de madeira, mas era incomum).
( comentários de Paulo )

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

  Adelaide Ferraz de Oliveira ( GRUPÃO )
 
Como o site da Guilhermina chegou a comentar, no início dos anos 70 o civismo era muito forte. Em 1970, minha querida e saudosa primeira professora me nomeu como um dos responsáveis por cuidar do pequeno jardim do Adelaide. A passagem da diretoria para o pátio era através de uma rampa. Rodeando a rampa, foram plantadas flores. Uma ou duas vezes por semana, eu e mais algum colega que não me lembro, éramos responsáveis por molhar essas plantas.
No dia da árvore daquele ano, a minha professora indicou dois alunos seus para as festividades. Todas as classes se perfilaram no pátio, entre a rampa que citei e a cantina. Eu e um(a) colega plantamos uma muda de Pau Brasil no talude.
Apesar de sempre votar na escola, esqueci-me desse fato da minha infância.
Em 1998 ou 1999, meu filho terminou o curso ginasial na Adelaide. Fizeram uma cerimônia na escola, com a presença dos pais, para a pré-formatura. Enquanto eu estava ali, assisitindo, lembranças começaram a brotar em minha mente.
Olhei para a quadra que foi construída por último, próxima ao portão de entrada e lembrei que eu e meus amigos Samuel e Gilberto, jogávamos bolinnha de gude ali na hora do recreio, era um pedaço de terra, quanta saudade.
De repente, lembrei daquele dia da árvore. Fui até o local e com muita emoção vi que a muda de Pau Brasil, se transformará em uma bela árvore, naquele dia com trinta anos de idade. Lembrei da pequena cova em que depositamos aquela muda que não media mais de vinte ou trinta centímetros.
Não sei se ela ainda está lá. Mas se estiver, tenho o orgulho a felicidade de ter contribuído com a história da nossa escola tão querida.
( Lembranças . Paulo )

 

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

O Site  V. Guilhermina, lembra com muita felicidade o professor de educação física, o Tião. Apesar de ser muito boa gente, suas aulas se limitavam a dar uma bola para a molecada jogar, enquanto ele ficava ao lado da quadra comendo um lanche e tomando refrigerante.
Quem o precedeu, foi o professor Washington. Ele deu aulas em 1974 e 1975. Era um professor jovem, cheio de idéias novas. Tinha participado do Projeto Rondon. Ele introduziu as aulas de judô naquela época. Ele foi o nosso "Dan". Como o kimono era caro e não se achava em qualquer lugar, eu e a maioria da turma pediu para as mães fazerem. Minha mãe costurou nossos kimonos (meu e de meu irmão) com sacos de farinha de trigo, ficou bem legal. O golpe que eu mais gostava era o "Tomoe Nage", em que se projeta o adversário utilizando o pé em sua virilha e o projeta, utilizando o movimento de queda do próprio corpo. É um golpe muito difícil de aplicar, pois o judoca se defende o tempo todo e é necessária muita técnica e treinamento. Em uma disputa com uma escola vizinha (era a chance de mudar de faixa), consegui um empate lutando com um oriental muito forte e com muita técnica (pura sorte). Um "Wazari" (meio ponto) foi o suficiente para conseguir o empate com meu oponente. Isso me marcou muito, pois éramos alunos de uma escola pública e de um professor aplicado e a outra escola estava malhor preparada e treinada. A meninada do Adelaide su superou naquele dia. Para mudar a cor da faixa, minha mãe comprou corante e a tingiu.
O Washington também ensinou várias modalidades de esportes olímpicos: salto simples e salto triplo! Ele trouxe material próprio e ensinou arremesso de peso.
Washington era um visionista para a época, ele estava além daqueles anos.

 

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========

 

Dna Belize Fontanesi

 

 

Veja no detale Assinatura e o Carimbo da Dna Belize.( Saudades )

 

=========  Site: Vila Guilhermina SP  =========